O Instituto dos Pupilos do Exército (IPE), no presente ano letivo, constitui-se, uma vez mais, como referência no ensino militar não superior ao saber adaptar-se às exigências e expetativas de todos os seus alunos.
Num ano especialmente desafiante marcado por uma crise sanitária mundial, o IPE antecipou as necessidades dos seus 373 alunos reformulando salas de aula de forma a garantir a segurança de todos. A distância de segurança entre alunos está assegurada em todas as salas e é cumprido um minucioso plano de limpeza e desinfeção dos equipamentos e áreas comuns.
Os espaços de lecionação foram providos com equipamentos informáticos essenciais à transmissão remota das aulas para os alunos que eventualmente tenham necessidade de ficar em isolamento profilático e os docentes que efetuem teletrabalho facilmente acompanham as turmas que estão fisicamente na escola. Deste modo, estão asseguradas todas as atividades letivas, em presença ou à distância, num ano marcado pela imprevisibilidade.
Contando com um total de 100 alunos internos, foi também essencial a aposta na garantia de segurança e conforto de todos aqueles que, de uma maneira mais próxima, fazem do Pilão a sua casa. Os internatos masculinos e femininos foram repensados de forma a acautelar a permanência dos alunos respeitando os normativos sanitários em vigor.
Merece uma palavra especial o aumento do número de alunas a frequentar o IPE – 111 atualmente – que evidencia o excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na sensibilização e promoção efetiva da igualdade de género.
A confiança que as famílias depositam no Projeto Educativo do IPE, vincada pelo número de admissões realizadas num ano marcado por uma pandemia mundial, é a prova da qualidade e a recompensa do esforço e empenho de todos os que estudam e servem esta casa.

Querer é Poder

Este slideshow necessita de JavaScript.