Luís Sepúlveda, escritor chileno falecido no passado dia 16 de abril vítima de Covid-19, é um nome bem conhecido dos alunos portugueses. Algumas das suas obras integram o Plano Nacional de Leitura e todos os anos muitos alunos ficam encantados com as histórias.

Em jeito de singela homenagem, partindo da obra História de um Caracol que descobriu a importância da lentidão, os alunos do 6º B, a solo ou em pequenos grupos, começaram uma viagem… a viagem do Caracol.

Esta viagem teve como estação de partida a disciplina de Português, com a criação de uma narrativa em que se apresentam várias razões para a lentidão do Caracol.

A etapa seguinte foi a disciplina de Educação Visual. A narrativa em palavras ganhou cores e transformou-se numa narrativa visual.

Por fim, a viagem do caracol ganhou a velocidade da Internet e na disciplina de TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) tornou-se numa narrativa digital.

A viagem do Caracol não termina aqui, vai continuar com outras formas e noutras disciplinas porque a viagem da aprendizagem nunca acaba…

 

Link dos Projetos: https://narrativasdigitaiscaracol.webnode.pt/