“Afetos e Educação para a Sexualidade” tem sido um dos temas prioritários de intervenção no Programa de Promoção e Educação para a Saúde (PES) do IPE.
Este Programa, transversal a todo o currículo escolar e em diálogo permanente com ele, é um processo contínuo que visa desenvolver competências que conduzam a escolhas responsáveis e estimulem o espírito crítico.
Neste contexto, foi dinamizada, no dia 28 de fevereiro, mais uma sessão de esclarecimento/sensibilização, tendo como público-alvo os alunos de 7º e de 8º anos, com a colaboração de parceiros externos, concretamente técnicas de saúde do Hospital D. Estefânia, as senhoras enfermeiras Andreia Nunes e Elisabete Ribeiro.
Estas ações foram extremamente dinâmicas e participadas, tendo sido trabalhados com os alunos os seguintes aspetos:
– consciência de ser uma pessoa única;
– sentido de pertença individual e social;
– literacia emocional;
– relações afetivas (compreender que as relações afetivas são influenciadas por determinantes psicológicos, socioculturais e ambientais);
– construir relações positivas com os outros e com o meio ambiente;
– mudanças físicas e emocionais ao longo da vida;
– identificar e desconstruir os mitos existentes sobre sexualidade;
– identificar riscos e comportamentos de risco;
– reconhecer a existência de regras sociais sobre privacidade e intimidade;
– conhecer fatores protetores;
– identificar e discutir situações de tomada de decisão no contexto das relações afetivas e da sexualidade;
– identificar as infeções de transmissão sexual e as formas de prevenção;
– gravidez não desejada/ gravidez na adolescência;
– identificar alguns métodos contracetivos;
– importância da utilização do preservativo nas relações sexuais;
– conhecer e saber utilizar os serviços e recursos de saúde sexual disponíveis na comunidade.
Uma palavra de agradecimento às Diretoras de Turma e aos Professores que acompanharam os alunos nesta sessão, por todo o empenho e colaboração.

A Coordenadora do PES,
Alexandra Gonçalves