No dia 11 de dezembro de 2018, os alunos do 10.º ano foram ao teatro “A Barraca” e assistiram à representação da Farsa de Inês Pereira de Gil Vicente. O programa de português do ensino secundário “privilegia o contacto direto com os textos e a construção de leituras fundamentadas, combinando reflexão e fruição”.

Fruíram garantidamente com um espetáculo que faz uma pintura bem-disposta da história, retrata o quotidiano e as personagens, com o característico cunho satírico vicentino. A transgressora Inês Pereira, o rústico Pero Marques, a mãe austera, a alcoviteira sem moral, o machista escudeiro, os judeus casamenteiros e o ermitão abusador fizeram-nos retroceder quase quinhentos anos e perceber o sentido do mote do enredo, “Mais vale asno que me leve que cavalo que me derrube”.

Professora Cristina Simões