Pelo terceiro ano consecutivo, no IPE, no dia 25 de janeiro de 2018, alunos, encarregados de educação, militares, professores e funcionários corresponderam ao desafio lançado pelo PES, em articulação com o Alf Enfermeiro José Vilhena, e doaram o seu sangue, sob o lema “dar sangue é dar vida”.

Esta iniciativa  foi levada a cabo em colaboração com o IPST, que se disponibilizou para enviar ao IPE as equipas técnicas necessárias para o efeito.

Paralelamente, foram desenvolvidas atividades relacionadas com o tema nas turmas de 5º e de 9º ano, sob a orientação dos professores Carla Costa, Luís Morais, Florbela Alves, Isabel Couto, Pedro Oliveira, e Alexandra Gonçalves, no âmbito das disciplinas de Educação Visual, Educação Tecnológica, Português, EMRC e Ciências Naturais. Os alunos elaboraram trabalhos que tiveram como mote o “Sangue e Sistema Cardiovascular”, que foi objeto de estudo no primeiro período. Estes trabalhos, “gotas de sangue” com mensagens de solidariedade e decoradas com materiais recicláveis/reutilizáveis e panfletos informativos, foram expostos no Ginásio da 1ª Secção (local de colheita). Todos os voluntários levaram para casa um marcador de livros como forma de agradecimento pela sua participação nesta Ação Solidária.

A colheita de sangue decorreu ao longo de toda a manhã, tendo sido notória a disponibilidade, simpatia e eficiência das equipas do IPST presentes. Graças a estes técnicos, a todos os dadores que compareceram nesta ação de solidariedade, e a todos os que de uma maneira ou de outra deram o seu contributo, foi possível obter 38 dádivas das 55 pessoas inscritas.

 

A Coordenadora do PES,

Alexandra Gonçalves