Ontem, dia 6 de dezembro, os alunos do IPE plantaram uma árvore!
A Magnolia grandiflora, árvore robusta, sempre verde, pertence a uma família com mais de 80 espécies originárias da Ásia e da América. Está, no entanto, perfeitamente adaptada à Europa.
Pode atingir entre 15 e 25 m de altura.
Estas árvores são apreciadas pelas suas flores solitárias, grandes (podem medir até 30 cm de diâmetro) e decorativas, muito perfumadas. As magnólias de folha persistente são de floração estival: a floração começa em maio e termina em julho.
Os frutos são pequenos cones que ficam repletos de sementes vermelhas quando estão maduros. A maturação do fruto ocorre em agosto.
Os alunos puderam classificar as folhas, grandes, duras e persistentes, quanto à forma do limbo ( folha simples e elíptica), quanto à nervação (folha peninérvea) e quanto à margem da folha (folha inteira a ondulada). Observaram, ainda, a diferença de cor entre as duas páginas do limbo: verde brilhante na página superior e, na inferior, um verde seco, com a nervura central proeminente.
Ficaram admirados ao verificar que as raízes da planta formam uma emaranhada e densa rede, ajudando, por isso, à fixação do solo. Compreenderam melhor a importância do coberto vegetal na manutenção do solo e do equilíbrio dos Ecossistemas.
A casca e botões florais das magnólias são utilizados para fins medicinais (pelas suas propriedades tónicas e estimulantes) e também em cosmética devido ao seu odor.
A Magnolia grandiflora não requer qualquer manutenção especial.
Vamos cuidar dela, deixá-la crescer e, futuramente, apreciar a beleza e o perfume das suas flores e a peculiaridade dos seus frutos e sementes.